terça-feira, agosto 3

Hoje chorei

Chorei sim e muito!

Não por causa de ir tirar um sinal,nem estou a escrever isto para pensarem que quero miminhos.

Eu quando escrevo aqui faço-o com sinceridade,penso que já me conhecem bem para saberem que digo tudo o que sinto,mesmo ás vezes não agradando a algumas pessoas,mas que me entendem e continuam meus amigos e sempre prontos a dar uma forcinha quando percebem que estou em baixo,quer aqui quer no menssenger.
.
Alguns amigos sabem e podem confirmar que eu desde que soube que ia tirar este sinal sempre disse que me ia custar muito e ia ser muito doloroso para mim ter de enfrentar isto,não por causa da cirurgia porque já fiz tantas e complicadas,não é um sinal que me mete medo,claro que estou ansiosa e vou estar ansiosa até saber o resultado da biopsia,porque se os médicos vissem que não tinha problema não mo iam tirar só pelo prazer de me operarem mais uma vez.
Mas tenho outros motivos para estar assim.
Hoje ao receber o telefonema do Hospital e confesso que não estava á espera e nunca pensei que só me avisassem  um dia antes,vieram á minha memória coisas muito triste,embora não passe um dia que não me lembre,mas hoje estão mais presentes.

 As lembranças são  muito dolorosas,foram  12 anos passados no IPO  de Lisboa com o meu pai (a minha estrelinha)que está lá em cima a olhar por mim,foram  anos de muito sofrimento e tudo começou com um sinal que tirou da cara como eu vou fazer agora,agora podem imaginar como eu me sinto como se sente a minha mãe e como se sentem os meus familiares,volta tudo á nossa memória e não é fácil.
Quero dizer que o meu pai faleceu com 69 anos com cancro da pele.
Não é que eu tenha medo de isto acontecer comigo,mas é que dói recordar.

Quanto ao escrevi ontem sobre abandonar o blogue fui muito sincera,tenho tido dias muito complicados como sabem,parece que chega tudo ao mesmo tempo e eu não sou nem pretendo ser nenhuma super mulher,sou igual a toda a gente,claro que gostei dos miminhos todos que aqui me deram,mas não foi por isso que escrevi o que escrevi,aliás como algumas amigas comentaram já passaram também pelo mesmo ,por isso aqui continuo e hoje estou a contar-vos isto que me marcou muito e  que me faz doer muito.

Hoje uma amiga  mandou-me um postal que me emocionou muito a dizer que um pequeno gesto vale mais do que mil palavras,sei que ela entendeu um dos motivos que me levou a escrever aquilo ontem,aliás ela entende tudo o que se passa comigo.

Quem não entendeu dessa maneira,volto a escrever o que escrevi no blogue da Teresa.

Temos pena.

Hoje também alguém me disse  ...Natália tens sorte ,as tuas cirurgias são sempre muito muito rápidas.
É verdade,realmente sou uma pessoa com muita sorte.


Beijinhos para todos,sabem que podem sempre contar com a minha amizade como eu conto sempre com a vossa.
Sei que tenho aqui muitos amigos e sei que os arranjei não com mentiras nem a fazer-me de coitadinha...ai isso não sou mesmo...Os meus amigos podem de certeza confirmar isso ,quem me conhece pessoalmente sabe que sou igual tanto aqui como lá fora.
Desculpem o testamento!
E tudo isto para dizer que hoje foi um dia muito dificil.

Chorei muito ...É verdade...eu também choro.

13 comentários:

  1. Anónimo02:12

    Pois Natália, as histórias não se repetem...por muito semelhantes que se apresentem, não se repetem!
    A dolorosa recordação, vai ser um apenas isso, uma dolorosa recordação.
    Não vai haver nada na pele e quanto ao resto...bem, a Lina anda com pouca pachorra para o blogue, compreendo mas tenho pena.
    Em todo o caso, vocês andam a falar em "código" e eu ando a ver se pesco o que se passa e a rede vem vazia...
    Um beijinho
    TM

    ResponderEliminar
  2. Falar em código? Aí não vale, e a amizade, onde fica?

    Concordo com a TM, as histórias não se repetem, são só parecidas. Estamos todas na torcida positiva, vai dar tudo certo.
    Um beijinho carinhoso.

    ResponderEliminar
  3. angelina08:03

    bom dia Nana
    eu compre-endo-te bem a angustia è mais forte que nos.
    mas por vezes chorar tambem nos ajuda a aliviar embora passa-semos bem sem esses momentos de tristeza.
    espero que tenhas um quarto grande porque amanhã vamos estar todas contigo
    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Olá Natália
    É difícil distanciar-nos de situações próximas, mas somos mesmo todos diferentes e desta vez vai correr tudo bem:)
    As memórias ninguém as pode apagar e por vezes temos mesmo que chorar.

    Fico a aguardar noticias.

    jokas

    ResponderEliminar
  5. Bom dia minha boa amiga! Eu entendo a tua inquietação com lógica, mas Natália, não confias em mim nem um cadinho. Faltam mais ou menos 23 horas e meia para o internamento, tenho pedido muito por ti, e acredita que vais ter a paz que precisas para superares todos os teus medos. Vou estar contigo, acredita!
    Olha Natália, o que é isso de andares a falar em morse com a Lina? Eu quero saber disso tudo por sou da judiciária, hihihihi. Espero que não ande nada encoberto por aí, nós estamos aqui para o bem e para o mal, macacos, macacos, macacos.
    Natália, um xi coração cheiinho de FORÇA e tem um bom dia.
    Natty

    ResponderEliminar
  6. Náná, quem mais chora, menos mi.... Por isso, aproveita mulher, e chora baba e ranho para evitares andar de fralda!
    A sério, chorar é bom, faz bem, alivia e permite olhar para as coisas com outro balanço. Claro que percebemos que a ideia de (re)viver isso te aflige e é normal que assim seja.
    No entanto, vai correr bem. É só o que te digo. Não sabes que tenho fama de bruxa? Para o bem e para o mal, adivinho sempre o que vai acontecer. E se eu estou a dizer que corre bem é porque vai correr. Aliás, a Natty também é bruxa e sabe!

    Beijufas

    ResponderEliminar
  7. Bom dia Natália

    vai com calma amiga essa vai ser canja, quem já passou por mais dificeis, e continua firme, essa será pera doce lollll, claro que a ansiedade, e só de entrar no bloco, já é terrivel, mas vai dar tudo certo, confia...

    beijinhos
    ..

    ResponderEliminar
  8. Força Natália, acredita que vai correr tudo bem.
    Se a Nela e a Natty o dizem, podes mesmo acreditar!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. olá Natalia,. chorar tb faz parte da vida.
    E quando recordamso certos momentos é inevitavel.
    Mas a vida nem sempre se repete.
    eu tive um caso de cancro da mama na familia, a minha tia, que acompanhei de perto, e foi muito dificil separar a morte do cancro, mas lá fui lutando e conseguindo.
    Vamos todas como sabes torcer por ti, e sabes que o resultado pode vir negativo, mesmo os medicos a quererm tirar o sinal.
    um beijinho grande.

    ResponderEliminar
  10. Bom dia
    Beijinhos para todas

    ResponderEliminar
  11. Se há algo de que não conseguimos sequer suspeitar é da tua sinceridade. LOL Achas que consegues enganar alguém, mulher?
    Beijocas, Amiga, continua é a fazer brilhar a tua Estrelinha.
    TP

    ResponderEliminar
  12. Nánaa, não estou aqui mas estou aqui!
    Conversa de doidas :p vai calminha cada caso um caso, entendo a tua dôr e até os medos mas Deus é grande e já está a preparar-se para agir :o) um beijinho do tamanho do...hum...desta vez do MUNDO!
    Fica com os Anjos!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  13. Natália
    Não está em causa o facto de chorar.
    Quem não chora?
    O que me parece é que a sua ansiedade vai aumentando proporcionalmente à quantidade de vezes que os médicos a mandam para a "facada".
    Não se esqueça, Natália, que os médicos têm uma acção preventiva. E ainda bem.
    Querem fazer despistagem. Mesmo que tenham a certeza de que não há problema grave.
    E a Natália sabe que é assim.
    Desta vez está a custar-lhe mais.
    Normal.
    Mas, com o tal espírito de encarar um dia de cada vez e sempre com um sorriso nos lábios, a coisa torna-se menos difícil.

    Quero ver aqui, ou noutro "post" a seguir, um sorriso e uma expressão: "está tudo bem".
    E vai estar.

    ResponderEliminar

Amo quem chega trazendo Carinho, Sorrisos, Alegria e Paz para a nossa Vida.