segunda-feira, agosto 23

Olá
Tenho lido nestes dias algumas frases em blogues de amigas que me entristecem,porque também as ouvi algumas vezes e fazem doer.
Sobre os amigos que pensavamos que tinhamos e perante o aparecimento da doença que nos afectou a muitas/os de nós,ficámos a perceber que afinal para certas pessoas a amizade não passa de uma simples palavra.
Será ignorância?
Será falta de sensibilidade?
Não consigo entender. 

Infelizmente já há uns poucos de anos que  convivo com a palavra cancro,primeiro com familiares muito próximos...Tios ,Primos e Pai ...depois eu,não me custa dizer cancro e nunca escondo que também eu tive dois .

Quem gostava realmente de mim continua a gostar,continua a visitar-me ,a convidar-me para sair e para ir a casa deles,a telefonar após cada exame,cada consulta,trazendo flores e miminhos após cada cirurgia.

Depois como toda a gente tenho algumas pessoas que me decepcionaram muito.
Mas dessas nem vale a pena dizer nada.
Por tudo isto para mim a frase que melhor define a amizade é esta.

Para conhecermos os amigos é necessário passar pelo sucesso e pela desgraça
No sucesso verificamos a quantidade
Na desgraça a qualidade.

Agora um pouquinho de humor.
 

18 comentários:

  1. Olá, Nat, senti pouco isso mas o pouco já foi muito. E aconteceu mais uma coisa: essas pessoas desapareceram do meu coração, e eu não me lembro de alguma vez um amigo ter saído do meu coração. Mesmo se acontecia alguma coisa mais complicada, as pessoas até podiam ir, mas o sentimento ficava cá. Agora, foi-se mesmo tudo... Coisas que acontecem nestas novas vidas que recomeçaram diferentes...
    Beijocas, amiga, enquanto cá andarmos, nunca te irei faltar, (para mal dos teus pecados).
    TeresaP

    ResponderEliminar
  2. Nat, adorei a parte do humor, pois ando com pouca capacidade, preciso recuperar essa faceta.
    Quanto ao resto, é tal e qual como dizes. Agora temos de arrumar de novo as prateleiras do nosso ser, pois houve algumas mudanças...

    Beijocas

    ResponderEliminar
  3. Olá Amigas
    Como a Guida diz vai sendo tempo de arrumar-mos as nossas prateleiras e meter cada coisa no seu lugar o que não interessa deitamos fora.
    Não precisamos de palavras de pena nem de fingimentos,já passamos bastante para não nos estarmos a preocupar com gente que não interessa.

    Teresa olha amiga também sei que para mal dos meus pecados calhaste-me na rifa,estava destinado que te tinha que aturar hehehe

    Deus queira que nos aturemos por muitos anos.
    Beijinhos para as duas

    ResponderEliminar
  4. Natália, sei exatamente o que é isso, muitos de meus amigos se foram junto com a minha doença, uns não lidam bem, outros tem medo. Mas graças à Deus vieram outros a me dar carinho e apoio, assim como vc! Fica com Deus e boa semana! Bjssssssssssssss

    ResponderEliminar
  5. Olá Cristina
    Vocês também me dão muito apoio e carinho,nós compreendemos-nos bem.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Oi meu parafuso...eheh!
    Tal qual a TPLindona,não largo do teu pé,feito chulé!
    Mas,é claro,sou eu quem tem que te aturar,com toda certeza do mundo!

    Agora á serio,não tive decepções com amigos e parentes,ao contrário,apareceram parentes que há muito tempo não os via,e,me ajudaram muito.Os poucos amigos,pois quase não saio ,nem saía de casa por conta da Síndrome do Pãnico,se mantiveram,e me deram forças.
    Mas AJUDAR,e,COMPREENDER,igual a voce Naná,a Lina(que me acolheu),o Tuga,enfim nossa turminha tão especial,e agora com mais amigas,não tem comparação...pois só nós mesmas sabemos o que sentimos,e nos ajudamos umas as outras.De voces não largo tão cedo.
    E agradeço muito!
    São anjos que Deus colocou na minha vida.
    E,tenham a paciência de aguentarem a anjinha aqui,biste?
    muitos beijins Naná!
    BEIJINS,QUERIDAS AMIGAS!

    ResponderEliminar
  7. Oi Natália
    Os amigos que ficaram de certeza que valem mais que os outros todos e mais alguns:)
    Como a minha mãe dizia: só está cá quem faz falta.


    jokas

    ResponderEliminar
  8. Eu diria mais: Só faz falta quem cá está!

    Natália, se reparares bem, estás muito rica em amizade. O resto são só as aprendizagens da vida.
    Beijocas

    ResponderEliminar
  9. Oi mana.

    Continuação de boa semana.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  10. angelina09:34

    bom dia Nana
    bom dia a todas
    a verdadeira amizade è verdade que è raro nos dias de hoje
    tenho conheçido muita gente mas tenho-me feito poucos amigos
    mas por opçao porque amigos sinceros è difiçil encontrar
    beijinhos e um dia feliz para todas

    ResponderEliminar
  11. Acho que passamos todas por isso.
    Temos que tirar de tudo a parte melhor e deixar para tras o que não vale a pena trazer para o futuro.
    um beijinho Natalia e boa terça-feira.

    ResponderEliminar
  12. Natália: parafusos tens muitos, acredita....e estes até que andam oleados mas já não os conseguirás sacar!
    ´
    Vou aproveitar este comentário para dar uns recadinhos:

    VandaR - vou tentar saber de um omeopata que sei que existe em Vila Franca de Xira- uma amiga foi lá e gostou imenso dele.

    Márcia: toca a fazer uns petiscos bons para a tua mãe. É mulher de fibra pois está a recuperar rapidinho mesmo com a linda idade que tem.

    Bjs a todas.

    ResponderEliminar
  13. Querida, Nat:
    tens tanta razão! Amigos de verdade há poucos e, quando se encontram, devemos agradecer a Deus por isso.
    Beijinhos grandes...Ando novamente em baixo, mas nasci para ser parva, agora aguente-se...

    ResponderEliminar
  14. Olá AMIGA bom dia! Li tudinho e acho que tens razão em tudo que escreves. Quando é AMIZADE VERDADEIRA fica sempre um rasto de boas lembranças, quando assim não é, são meros conhecimentos na nossa vida e temos mesmo é que esquecer. O que hoje para nós nos parece interessante, passados meses ou anos deixa de o ser. A sociedade, infelizmente, tem cada vêz mais a tendência para o oportunismo da AMIZADE. Se se achar que se pode tirar algum proveito da mesma, continua-se, se não, termina sempre da pior forma. Mas infelizmente isto tem tendência a piorar, aponta aí amiga!
    Natália, de uma coisa podes tu ter a certeza, AMIZADES NOVINHAS como estas virtuais, não se arranja em lado nenhum, SÃO BOAS COMO MILHO, como se diz aqui na nossa santa terrinha, hihihi.
    Xisinho muito BOM e fica bem

    ResponderEliminar
  15. Anónimo15:05

    Obrigada, Isalenca. Mas omeopata é o mesmo que osteopata? No dr google aparece homeopata e não é a mesma coisa.
    Um bom dia para todas.
    Gostei do texto, Natália. Infelizmente, eu nem com a família posso desbafar.

    Beijo

    VandaReis

    ResponderEliminar
  16. Olá Natália
    Obrigado por estar a seguir o blogue da minha filha, que eu, com muito amor e saudade, estou a tentar continuar.
    Eu já disse algo parecido acerca dos "amigos" que nos abandonaram. E olhe que nem sequer fui eu que o tive. Mas quatro anos, a saber qual seria o desfecho, deu para ver muita coisa. Escusava de ser assim agora...
    Felizmente vou encontrando por aqui BONS AMIGOS, sempre disponiveis.
    Permita-me que lhe dê um GRANDE BEIJINHO.
    O pai Bártolo

    ResponderEliminar
  17. Olá
    Boa tarde

    Obrigado pelos vossos comentários
    Eu realmente tenho muita sorte.
    Tenho feito muitas amizades aqui,algumas já nos conhecemos pessoalmente e esta amizade é das coisas mais bonitas que me aconteceram após o cancro.
    Continuo a ter novos amigos a visitar o meu blogue quase todos os dias,amigos que sabem bem do que falamos,amigos que não têm medo das palavras,e que sabem bem o que elas significam.

    Beijinhos para todos.

    Pai Bártolo fiquei muito feliz com a sua visita,volte sempre.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  18. Amizade é ignorância mas, sobretudo, falta de sensibilidade.
    E muitas vezes fingimento, cinismo.

    Não se deve dizer que a amizade real é que é boa e que a virtual não é tanto assim.
    Discordo.
    A verdadeira amizade está em todo o lado, quando existe.

    Não se compra. Existe ou não, ponto final.

    Deixo o meu conselho: cuidado com as aparências.

    Beijinho, Natália.

    ResponderEliminar

Amo quem chega trazendo Carinho, Sorrisos, Alegria e Paz para a nossa Vida.