domingo, agosto 1

Será que vale a pena continuar assim?

Amigos

Será que vale a pena continuar assim?
Esta semana tive dias muito complicados,não queria estar a chatear ninguém com as minhas tristezas,os meus problemas,não sabia mesmo que escrever,mudei a cor do blogue várias vezes,teve dias de estar branco,preto,azul,não tinha vontade de aqui vir e deixei de gostar dele,tenho saudades dos primeiros meses em que o fiz e que tudo funcionava bem.

Agora estou a ficar farta e desiludida.


Vou começar do princípio, quando pensei realmente em fazer o blog não sabia  do que queria falar,ainda hoje não sei,confesso que andava mais nos blogues de amigas guerreiras do cancro da mama,mas não queria um blog só sobre isso,queria um blog onde pudesse falar um pouco sobre tudo,desabafar ,mas sobretudo distrair-me,confesso que gosto de falar e ajudar ,mas penso que não podemos ficar só mergulhadas nas nossas incertezas e no nosso medo,todos/as o temos bem presente no nosso dia a dia,temos que pensar que se nos distrairmos um pouco e falarmos de outras coisas,nos vamos sentir melhor.
Mas escrever o quê?
Confesso que neste momento me sinto desiludida com o blog e sem vontade de continuar,vejo amigas que postavam todos os dias e assim iamos mantendo contacto,agora fazem de vez em quando,e outras simplesmente desistem,e isso deixa-me muito triste.
Não nos podemos esquecer que foi através dos blogues que nos conhecemos e hoje mantemos uma amizade muito bonita,mas sinceramente estou com medo que isso acabe.
Confesso que para mim é cada vez mais dificil encontrar alguma coisa de interesse para aqui meter ,não consigo falar muito sobre doenças,acho que há gente mais entendida para o fazer,além disso acho que é estar sempre a bater na mesma tecla,gosto de ajudar,dar uma palavra de apoio quando vejo que realmente necessitam,e penso que nesses casos tenho feito sempre os possíveis para estar presente.
Também várias vezes aqui tenho desabafado e sempre tive o vosso apoio...o meu muito obrigado.
Realmente a minha vida não tem nada de interessante para arranjar assunto para manter um blog.
Sou reformada,estou em casa sozinha com o meu marido,acontece pouca coisa de interessante para aqui contar,também não tenho o dom da escrita para escrever aqueles textos bonitos que vejo em alguns blogues

Tem valido a pena e gostava que assim continuasse
Mas sinceramente não sei que faça.
Beijinhos

Natália

19 comentários:

  1. Ai amiga, a coisa está mesmo em baixo...
    Arrebita filha e vai estando por aqui que mesmo que não falemos vamos te lendo todos os dias, fazes falta com as tuas brincadeiras, mas como já se notou o facebook vei estragar um pouco este convívio mais íntimo que mantínha-mos. Não desistas, a amizade continua de um destes dias vamos a mais um convívio... è bom andar por aqui. Bjos amiga

    ResponderEliminar
  2. Anónimo16:53

    Natália
    Também tenho tido pouca vontade de escrever no blogue. É verdade...passado o tempo da "luta" de armas na mão, ficamos um pouco à deriva, sem eira nem beira por onde pernoitar o nosso cansaço mental. Mas, mesmo pouco, mesmo meia dúzia de palavras, mantém a chama acesa. Não gosto de fazer nada que não me apeteça realmente e, escrever por escrever, também não me "enche as medidas". Mas...cada vez que escrevo e vocês respondem, sinto que não estou tão só...sei que não estou!
    A minha vida também é monótona, detesto fotografias e pouco consigo para ilustrar os meus textos. Penso: isto está a não interessar a ninguém e já não me dá prazer..Até que um dia, sem eu própria perceber porquê, escrevo e vocês comentam...fico alegre, a tristeza vai, vem a tranquilidade.
    Não desistas, isso é desistir de nós todas!
    Uma beijoca grande (eu o face...é que....já não gosto, demasiado "aberto"...)
    TM

    ResponderEliminar
  3. Olha amiga
    Eu estou como tu , o escrever menos,não é só po causa do Facbook.
    Da doença vamos estando muito abituadas a dizer mais ou menos o mesmo a não ser quando fazemos exames ou aparece algum sintoma que nos preocupa. Todas temos problemas que gostaria-mos de deitar cá para fora, mas os blogs são um livro aberto e tu sabes disso, então vem aquela quinta que nos ocupa o tempo e a ideia e podes crer a mim tem-me feito muito bem. eu por mim também tenho tido outras coisas, mas espero poder assentar a minha cabeça.
    Vá lá não desanimes: beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Anónimo17:32

    Eu acho que quem tem blog não tem que escrever todos os dias. Se sentires que isso passou a obrigação, deves repensar e bem. Se mantiveres um determinado post durante X tempo, não faz mal, porque se quisermos estar contigo, comentamos, comentamos os comentários dos outros, etc. O "local" de convívio de um blog, pelo menos para mim, situa-se mais nos comentários que nos posts (estes são apenas um ponto de partida).
    Mas pronto ... posso dar-te uma sugestão... que tal postares receitas novas, lindas, apetitosas, de preferência baratas? É que eu destestava e nem sabia cozinhar e desde a quimio que é o meu hobbie loool Pena que continue a ser um desastre ambulante mas sou a única cobaia e já não sujo a loiça toda kkkkk

    Beijinhos

    VandaReis

    ResponderEliminar
  5. Anónimo17:33

    Ai Jasuas, tenho que ir mexer o Granitá de maracujá

    Fui

    VandaReis

    ResponderEliminar
  6. Olá Natália
    Eu acho que não é preciso postar todos os dias. Só quando nos apetece, ai sim é divertido e não obrigação.
    Eu estou cá sempre para saber as noticias:)

    jokas

    ResponderEliminar
  7. Estrelinha,
    Não vejas o blogue e o postar todos os dias, como uma obrigação. Escreve só quando te apetecer mulher, assim terás mais assunto, nem que sejam receitas de culinária como sugere a Vanda!
    Também podes pesquisar notícias interessantes e fazes um post giro, enfim tanta coisas...
    Eu só escrevo quando posso, e assim é mais fácil, e só comento quando tenho tempo!
    Facebook vou só aos bocadinhos, o tempo é sempre pouco, mas também não me importo, a vida é muito mais que isso tudo!!!!!!!!

    Vale a pena continuares, não desistas!!!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Amigas Sinceramente não sei
    Cheguei a uma altura em que não estou a ver bem o blog,acho que não meto nada que valha a pena ser lido,não estou a escrever isto só por escrever,é a verdade.
    Talvez seja eu que estou um bocado depressiva e isto passe.
    Talvez siga os conselhos da Vanda e escreva sobre culinaria,não gosto de cozinhar,mas sempre posso copiar umas coisas da net.

    Mas é assim!
    Se escrevo parvoices,depois sinto-me mesmo parva porque escrevi aquilo.
    Se meto fotos,arrepio-me toda quando me vejo,aquela não sou eu,só quando me vejo aqui é que dou conta do que sou e não gosto nada de mim,se escrevo algo mais triste,acho que não tenho o direito de estar a preocupar as outras pessoas.

    Olhem desculpem qualquer coisinha,mas ando assim.

    ResponderEliminar
  9. Se me permite, Natália, só tem uma coisa a fazer: continuar.

    Não sabe o que há-de escrever?
    Vai pensando nas mais variadas coisas que a vida nos vai oferecendo.
    As boas, preferencialmente, mas também as más, porque não?

    A blogosfera não é, também, um local privilegiado de partilha?
    Então, converse. Imagine que está a fazê-lo para milhares de pessoas e que todas estão atentas ao que escreve.
    Ou medite e vá escrevendo o acto da meditação.

    Assunto não falta.
    Deixe a pena correr (neste caso o teclado).

    Foi a primeira vez que aqui vim. Desconhecia o blogue.
    Até que hoje li o que escreveu no blogue do Jorge.

    Ah! E ninguém anda atrás de si como que a dizer-lhe que a escrita tem periodicidade obrigatória.
    Por outro lado, escrever faz bem.

    Felicidades.

    ResponderEliminar
  10. Natália
    Eu acho que estás a precisar de fazer umas férias do blog, faz disto uma diversão e não uma obrigação, não tens que escrever todos os dias!! escreve só quando tiveres vontade, quando achares que tens assunto, todas as rotinas cansam!! e de vez em quando é preciso parar um pouco, não deixamos de ser tuas amigas por isso, se fosse assim eu já estava sozinha neste mundo virtual, escrevo tão pouco!!
    Acho que estás mas é a precisar de colinho, isso é o reflexo das semanas complicadas que passaste,
    tens aqui buéee de colinhos é só pedires.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Olha Estrelinha querida, tu livra-te de deixares de brilhar na minha vida. O teu sentido de humor é brilhante. A tua sabedoria de vida é igualmente brilhante. Que "treta" é essa da vida se resumir de repente a quase nada? Tu que transformas um espisódio banal num verdadeiro hino à alegria. Não penses. Eu não deixo.Todas nós estamos em baixo por causa das coisas que têm acontecido. Assitir à perda de uma batalha como a do António Feio dói muito. Todos/as pomos em causa o valor do esforço. Vá, minha Estrelinha, rega a tua energia linda e traz-nos de volta as coisas simples e lindas que tu tens para nos dizer. Olha, pelo menos no FB, podemos ir tirando sinas da Bi-dente ou outra coisa ainda mais estúpida para preencher este mês estúpido que é o mês de Agosto. Eu vou amanhã ao Algarve: dois ou três dias e depois volto. Beijoquinhas e um xi muito apertado ao teu Rafinha de olhos redondos, olhos de "ver o mundo".

    ResponderEliminar
  12. A partir de hoje, o nome deste blogue está na lista dos "blogues que aconselho".
    Na faixa à direita da parte central do blogue.

    Cumps

    ResponderEliminar
  13. Natália, o meu blog já tem quatro anos e meio. Como deves calcular, ao longo deste tempo, passei por várias fases e já postei muito e já postei pouco e já reconsiderei continuar ou não com ele.
    E não tem só a ver com o facto de ter ou não temas para alimentar o blog. Tem a ver com a utilidade dele ou mesmo com a liberdade que me dá ou não de ser sincera e honesta comigo mesma. Muitas vezes, quando estou mais em baixo, evito comentar no blog porque não quero inquietar ninguém e não quero que fiquem preocupadas comigo. Mas então, se não posso usá-lo para isso, serve para quê?!
    Tudo isso já questionei e acabei sempre por considerar que vale a pena. Está lá muita vida, muita amizade, a construção de um mundo completamente novo e inesperado. Por isso, vale a pena.
    E já me dou a liberdade de escrever só quando me dá na real bolha e de dizer o que bem me apetece e quem não gostar que não leia...

    Não quero com isto dizer que devas continuar ou não... Tu é que sabes (ou não) e o que decidires, está bem. É só para te dizer que percebo o que dizes e já passei por isso - muitas vezes.
    Até mudar o aspecto do blog é uma forma de dizer " Preciso de algo diferente!!!!"

    ResponderEliminar
  14. Ui Amiga! Não queria nada que estivesses assim tão desiludida. Claro que aquela febre que existia já não é tão acentuada, eu falo por mim, que também não venho cá com tanta frequência, mas diga-se de verdade, Deus não me bafejou pelo dom da escrita e eu como vos vejo tão BOAS em tudo, fico sem vontade de escrever, mas venho cá espreitar sempre, quando tenho tempo comento, quando não, vou embora a chorar com pena,hihihihih.
    Por isso minha querida Natália, continua com o teu bloguesinho, porque escreves bem, abordas temas muito interssantes e tens um bom humor invejável. ADMIRO-TE(VOS) MUITO. OBRIGADA MINHAS QUERIDAS POR FAZEREM PARTE DA MINHA VIDA.
    UM GRANDE XI CORAÇÂO COM MUITO CARINHO.
    Natty

    ResponderEliminar
  15. angelina21:13

    Ai Nana tu estas a querer por-me à porta
    sabes que esta tua casa tambem è minha.as vezes atè ca venho tomar o cafè
    olha faz o que te apetecer com ou sem blogue continuo tua amiga
    beijinhos a todas

    ResponderEliminar
  16. xiiiii mas nem pensar!!!!! estas proibida de terminar com o blog!!!!! tou a brincar claro.
    Mas como já disseram não é obrigatório postar todos os dias, faz só quando te apetece, e olha há sempre qualquer coisa para postar, anedotas para nos alegrar-mos, receitas culinárias como diz a Vanda, e os relatórios dos nossos encontros que tu fazes tão bem!!!!
    a decisão é tua, nós ficaremos com muita pena, e como diz a Angelina não nos feches a porta.....

    beijinhos, e amanhã é outro dia vais estar melhor
    ..

    ResponderEliminar
  17. Olá, amiga, com blogue ou sem ele, de mim e das outras meninas já não te livras.
    Estava de boca aberta a ler o que escreveste, nem queria acreditar, penso assim tantas vezes... podia ser eu a escrever aquilo.
    Ou é porque, como disse a Nela, não quero preocupar ninguém se me sinto mal ou é porque, como dizes tu, não tenho nada de interessante para contar. Acho sempre que não tem interesse para ninguém mas depois, e agora citando a Outra Teresa, vocês comentam e eu sinto-me convosco, o que me deixa sempre muito feliz.

    Enfim, isto tudo para dizer pouco. Gostava que ficasses, mas comigo estás e estarás sempre.
    Beijinhos,Nat

    TP

    ResponderEliminar
  18. Oi mana...

    Que negação é essa?
    Comunicamos há mais de ano e meio. Parar agora? E depois? Cadê a Natália?
    Sabes tão bem como eu que o Face antecipou a morte do Laço Cor de Rosa como da presença linda que tínhamos nos blogs de todas as amigas. A Cristina Simões brincava conosco com imagens engraçadas, a Lina também. Tudo tem a sua época. Mas não desistas.
    Chegávamos a ter que mudar de post no mesmo dia, porque rapidamente chegávamos ás 40 postagens diárias.

    Pensa e repensa.
    Beijinhos do mano velho.

    PS: Não tenho nada contra o FACE.

    ResponderEliminar
  19. EU NÃO VIVO SEM VOCE(S)!!!!!!!!!!!!
    e mai nada!
    beijinsssss
    Fica com Deus e com os anjinhos

    ResponderEliminar

Amo quem chega trazendo Carinho, Sorrisos, Alegria e Paz para a nossa Vida.