sexta-feira, setembro 24

A Fábula da Estrela Verde


Havia milhares de estrelinhas no céu.
Estrelas de todas as cores:brancas, prateadas, verdes, douradas,vermelhas e azuis.
Um dia, elas procuraram  Deus e  disseram-lhe:
- Senhor, gostaríamos de viver na terra entre os Homens.
- Assim será feito, respondeu o Senhor.Conservarei todas vocês pequeninas como são vistas e podem descer para a terra.
Conta-se que, naquela noite, houve uma linda chuva de estrelas.
Algumas se aninharam nas torres das igrejas, outras ficaram brincando de correr com os vaga-lumes nos campos;outras misturaram-se aos brinquedos das crianças e a Terra ficou maravilhosamente iluminada.Porém, passado um tempo, as estrelas resolveram abandonar os homens e voltar para o céu, deixando a Terra escura e triste.
- Porque voltaram?
Perguntou Deus, à medida que elas chegaram ao céu. - Senhor, não foi possível permanecer na terra. Lá existe muita miséria e violência, muita maldade, muita injustiça, muita fome e egoísmo... E o Senhor lhes disse: -
Claro!
O lugar de vocês é aqui no Céu. A Terra é o Lugar do transitório, daquilo que passa, daquele que cai, daquele que erra, daquele que morre, nada é perfeito. O céu é lugar da perfeição, do imutável, do eterno, onde nada perece.
Depois de chegarem todas as estrelas e conferindo o número, Deus falou de novo:
- Mas esta faltando uma estrela. Perdeu-se no caminho?
-Não Senhor, uma estrela resolveu ficar entre os homens.
Ela descobriu que o lugar é exatamente onde existe a imperfeição, onde há limites, onde as coisas não vão bem, onde há luta e dor.
- Mas que estrela é esta? voltou Deus a perguntar.

- É a ESPERANÇA, Senhor, A ESTRELA VERDE. A única estrela dessa cor.

E quando olharam para a Terra, a estrela não estava só. A Terra estava novamente iluminada porque havia uma estrela verde no coração de casa pessoa. Porque é o único sentimento próprio da pessoa humana, próprio daquele que erra, daquele  que não é perfeito, daquele que não sabe como será o futuro.

Receba neste momento esta "estrelinha" no seu coração, a sua estrela verde.
Não deixe que ela fuja e nem se apague.
Tenha certeza que ela iluminará o seu caminho.

Seja optimista!

Nunca perca a estrela da ESPERANÇA.


..........................................................................................................

9 comentários:

  1. Linda demais! Uma vez fiz um curso e o professor deu no final desta leitura uma estrelinha verde de massinha pra gente. tenho a minha até hoje.
    Carla Fernanda

    ResponderEliminar
  2. Linda esta história. Na verdade nunca devemos perder a estrelinha que está dentro de nós. Uns dias está menos brilhante mas sempre está lá.
    Beijocas muito grandes

    ResponderEliminar
  3. Anónimo10:19

    Que bom Natália,abri agora o pc,vinha dar os bons dias,e deparo-me com esta linda história.
    A esperança é a última a morrer,há sempre uma luzinha ao fundo do túnel.
    Um bom dia,que as análises corram bem.
    bjhs
    felis

    ResponderEliminar
  4. Que lindo, Natália! Que consigamos guardar essa estrela no coração, para termos mil e um motivos para sorrir.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. Olá bom dia

    Não fui fazer as analises,a consulta foi adiada para dia 30,vou fazer as analises dia 29.

    Será que alguém faz anos nestes dias?
    beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Viva!
    Todos temos de conseguir uma "estrelinha bem verdinha", que more connosco!
    bj e bfs

    ResponderEliminar
  7. Olá Mana.

    Todos temos uma "estrelinha verde".
    Saibamos olhá-la e conservá-la.

    Beijinhos pra ti e pró bisneto e abraço no Ógusto.
    Feliz sexta.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo15:35

    Gostei. E o autor é ...?

    Quem parte é perfeito? É isso? Ou fica perfeito lá? huuum

    Beijo e bom wuik

    VandaR

    ResponderEliminar
  9. Olá Naná já conhecia esta história mas fazia tempo que não a lia :o) é linda e verde esperança ;o) beijokas

    ResponderEliminar

Amo quem chega trazendo Carinho, Sorrisos, Alegria e Paz para a nossa Vida.