terça-feira, novembro 2

Mensagem: A formiga...


  • Outro dia, vi uma formiga que carregava uma enorme folha. A formiga era pequena e a folha devia ter, no mínimo, dez vezes o tamanho dela. A formiga a carregava com sacrifício.
    Ora a arrastava, ora tinha sobre a cabeça.

    Quando o vento batia, a folha tombava, fazendo cair também a formiga. Foram muitos os tropeços, mas nem por isso a formiga desanimou de sua tarefa. Eu a observei e acompanhei, até que chegou próximo de um buraco, que devia ser a porta de sua casa.

    Foi quando pensei: "Até que enfim ela terminou seu empreendimento". Na verdade, havia apenas terminado uma etapa. A folha era muito maior do que a boca do buraco, o que fez com que a formiga a deixasse do lado de fora para, então entrar sozinha.

    Foi aí que disse a mim mesma: "Coitada, tanto sacrifício para nada." Lembrei-me ainda do ditado popular: "Nadou, nadou e morreu na praia."

    Mas a pequena formiga me surpreendeu. Do buraco saíram outras formigas, que começaram a cortar a folha em pequenos pedaços. Elas pareciam alegres na tarefa.

    Em pouco tempo, a grande folha havia desaparecido, dando lugar a pequenos pedaços e eles estavam todos dentro do buraco. Imediatamente me peguei pensando em minhas experiências. Quantas vezes desanimei diante do tamanho das tarefas ou dificuldades?

    Talvez, se a formiga tivesse olhado para o tamanho da folha, nem mesmo teria começado a carrega-la. Invejei a força daquela formiguinha

    Naturalmente, transformei minha reflexão em oração e pedi ao Senhor:
    Que me desse à tenacidade daquela formiga, para "carregar" as dificuldades do dia-a-dia.

    Que me desse à perseverança da formiga, para não desanimar diante das quedas.

    Que eu pudesse ter a inteligência, a esperteza dela, para dividir em pedaços o fardo que, às vezes, se apresenta grande demais. Que eu tivesse a humildade para partilhar com os outros o êxito da chegada, mesmo que o trajecto tivesse sido solitário.


    Pedi ao Senhor a graça de, como aquela formiga, não desistir da caminhada, mesmo quando os ventos contrários me fazem virar de cabeça para baixo; mesmo quando, pelo tamanho da carga, não consigo ver com nitidez o caminho a percorrer.

    A alegria dos filhotes que, provavelmente, esperavam lá dentro pelo alimento, fez aquela formiga esquecer e superar todas as adversidades da estrada.

    Após o meu encontro com aquela formiga, saí mais fortalecida em minha caminhada.

  • 15 comentários:

    1. angelina08:20

      bom dia Nana
      temos muito que aprender com certos bichinhos pequeninos no tamanho mas grandes na coragem e perseverançia
      um feliz dia a todas as formiguinhas nossas amigas
      beijinhos

      ResponderEliminar
    2. Muito obrigada, Natália. Sabes escolher as palavras certas no momento certo.
      Saio até envergonhada da pouca força que tenho revelado ultimamente.

      um grande beijo

      ResponderEliminar
    3. Bom dia meninas.

      Guida todas passamos por altos e baixos.
      Com tudo o que passate e com 4 filhos e essa alegria e esse olhar lindo que te vi no almoço vens dizer que não tens força,tens sim senhora,estás numa fase menos boa,mas vais arribar.

      Beijinhos

      Beijinhos Angelina.
      Os Bichinhos dão-nos grandes lições de vida.

      ResponderEliminar
    4. Olá boa tarde, caxopa.

      Boa terça e tamém feliz semana.

      Beijinhos.

      ResponderEliminar
    5. Nada se conquista sem esforço. Mas às vezes é tão difícil lutar... Vou por os olhos na formiga.
      Beijocas, Nat, obrigada por tudo o que nos dás.
      T.

      ResponderEliminar
    6. Aprendemos sempre até morrer.

      Não importa com quem nem com o quê.

      Boa semana.

      ResponderEliminar
    7. Olá Natália:
      Estamos sempre a aprender, mesmo com os bichinhos.
      Beijinhos e boa semana.

      ResponderEliminar
    8. Olá Padrinha Naná,já conhecia esta mensagem,e que imitemos então as formigas,embora sejamos parecidas com elas.
      Tenha uma boa terça,aqui é feriado,Dia de Finados,aí em Portugal tbem é?
      muitos beijins,e que Deus te abençoe!

      Como está o Rafael?

      BEIJINS ANGELINA,GUIDA!!

      ResponderEliminar
    9. Olá boa noite

      Teresa e não dou nada amiga,vocês é que me dão muito
      beijinhos

      Xekim
      Boa semana
      beijinhos

      Amigo Bártolo e Amigo Observador
      beijinhos

      Márcia
      O Rafael está muito melhor,passou a comichão e as borbulhas já estão a secar.
      Aqui também é dia de Finados,mas o feriado foi ontem Dia de Todos os Santos...hoje fui á tarde ao cemiterio com a minha mãe ,porque houve lá missa .

      Beijinhos
      Deus te abençoe.

      ResponderEliminar
    10. Um beijinho, querida Natália! E viva a formiguinha!... Boa semana!

      ResponderEliminar
    11. Olá Natália,

      Nós temos muito que aprender...realmente os bicharocos dão-nos grandes licões de vida!!

      Beijinhos

      ResponderEliminar
    12. Anónimo23:07

      Amem,Deus te abençoe tbem,Padrinha!
      Que bom que o Rafael está bem melhor.
      Então acho que o Dia de Todos os Santos e Finados,deve ser no mundo todo...não sei,fiquei feliz em saber que a Dona Ana foi contigo á missa.
      Mande beijins á ela e ao Rafa.
      beijins,Naná Padrinha,e da beijins no Ògusto tbem...ái,que tou beijoqueira!

      Padrinha,sabe algo da Lina,estou preocupada com ela...

      ResponderEliminar
    13. Márcia
      A Lina tem estado doente.
      Mudou a medicação dos nervos e sentiu-se muito mal.
      Já está melhor,mas não vem á net.
      Precisa descansar.

      ResponderEliminar
    14. Anónimo01:42

      Naná,obrigado por falar da Lina,a troca de medicação dá uns efeitos esquisitos mesmo.Mas estarei pedindo à Deus para que a Nossa Querubim fique boa logo.
      beijins e boa noite!

      ResponderEliminar
    15. angelina09:10

      bom dia Nana
      e bom dia a todas
      beijinhos

      ResponderEliminar

    Amo quem chega trazendo Carinho, Sorrisos, Alegria e Paz para a nossa Vida.