segunda-feira, maio 30

 Este fim de semana fui ao Alentejo...adorei...ao ver as fotos que tirei e,especialmente esta tirada em Mourão,lembrei-me deste poema de Miguel Torga.


ALENTEJO.



Terra parida,
Num parto repousado,
Por não sei que matrona natureza
De ventre desmedido,
Olho, pasmado,
A tua imensidade.
Um corpo nu, em lume ou regelado,
Que tem o rosto da serenidade.

Mguel Torga



,

5 comentários:

  1. Fotos lindas,obg por partilhar connosco,

    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Concordo com a Sónia!!! Fotos lindas :-)
    Beijinhos!!!

    ResponderEliminar
  3. Que lindas paisagens
    ainda bem que aproveitas-te os dois dias
    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Obrigado!
    Boa semana.
    beijinhos

    ResponderEliminar

Amo quem chega trazendo Carinho, Sorrisos, Alegria e Paz para a nossa Vida.