quarta-feira, novembro 30

O frio que vem de dentro


Quatro homens ficaram bloqueados numa caverna por uma avalanche de neve.
Teriam que esperar até o amanhecer para poderem receber socorro.
Cada um deles trazia um pouco de lenha e havia uma pequena fogueira ao redor da qual eles se aqueciam.
Se o fogo apagasse, todos morreriam de frio antes que o dia clareasse.
Chegou a hora de cada um colocar sua lenha na fogueira.
Era a única maneira de poderem sobreviver.
O primeiro homem era um rico avarento. Ele estava ali porque esperava receber os juros de uma dí­vida.
Olhou ao redor e viu um cí­rculo em torno do fogo bruxuleante, um homem da montanha, que trazia sua pobreza no aspecto rude e nas roupas remendadas.
Ele fez as contas do valor da sua lenha e enquanto mentalmente sonhava com o seu lucro, pensou:
- Eu, dar a minha lenha para aquecer um preguiçoso?
O segundo homem era negro. Seus olhos faiscavam de ira e ressentimento.
Não havia qualquer sinal de perdão ou mesmo aquela superioridade moral que o sofrimento ensinava.
Seu pensamento era muito prático:
- É bem provável que eu precise desta lenha para me defender. Além disso, eu jamais daria minha lenha para salvar aqueles que me oprimem. E guardou suas lenhas.
O terceiro homem era o pobre da montanha. Ele conhecia mais do que os outros os caminhos, os perigos e os segredos da neve. Ele pensou:
- Esta nevasca pode durar vários dias. Vou guardar minha lenha.
O último homem trazia no rosto e nas mãos os sinais de uma vida de trabalho.
Seu raciocí­nio era curto e rápido.
- Esta lenha é minha. Custou o meu trabalho. Não darei a ninguém nem mesmo o menor dos meus gravetos.
Com estes pensamentos, os homens permaneceram imóveis. A última brasa da fogueira se cobriu de cinzas e finalmente apagou.
Ao alvorecer, quando os homens do socorro chegaram à caverna encontraram os cadáveres congelados, cada qual segurando um feixe de lenha. Vendo aquele triste quadro, o chefe da equipe disse:

- O frio que os matou não foi o frio de fora, mas o frio de dentro.

sábado, novembro 26


Minhas rugas mais bonitas são aquelas marcas de expressão
que eu adquiri por tanto sorrir, muitas vezes, quando o coração chorava.

Autora: Silvana Duboc

quarta-feira, novembro 23

Casa arrumada é assim:
Um lugar organizado, limpo, com espaço livre para circulação e uma boa
entrada de luz.
Mas casa, para mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um
cenário de novela.
Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os
móveis, afofando as almofadas...
Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo:
Aqui tem vida...
Casa com vida, para mim, é aquela em que os livros saem das prateleiras
e os enfeites brincam de trocar de lugar.
Casa com vida tem fogão gasto pelo uso, pelo abuso das refeições
fartas, que chamam todo mundo para a  mesa da cozinha.
Sofá sem mancha?
Tapete sem fio puxado?
Mesa sem marca de copo?
Tá na cara que é casa sem festa.
E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança.
Casa com vida, para mim, tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde.
Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante,
passaporte e vela de aniversário, tudo junto...
Casa com vida é aquela em que a gente entra e se sente bem-vinda.
A que está sempre pronta para os amigos, filhos...
Netos,  vizinhos...
Casa com vida é aquela que a gente arruma para ficar com a cara da gente.
Arrume a sua casa todos os dias...
Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo para viver nela...
E reconhecer nela o seu lugar.


Carlos Drummond de Andrade

terça-feira, novembro 22

 Free Image Hosting at www.ImageShack.us
“Então, que seja doce.
Repito todas as manhãs, ao abrir as janelas para deixar entrar o sol ou o cinza dos dias, bem assim:
que seja doce. 
Quando há sol, e esse sol bate na minha cara amassada do sono ou da insônia, contemplando as partículas de poeira soltas no ar, feito um pequeno universo.
Repito sete vezes para dar sorte: que seja doce que seja doce que seja doce e assim por diante. 
Mas, se alguém me perguntasse o que deverá ser doce, talvez não saiba responder.
Tudo é tão vago como se fosse nada.”

Caio Fernando Abreu

segunda-feira, novembro 21



Laços de afeto.

Meu Deus! Como é engraçado!
Eu nunca tinha reparado como é curioso um laço... uma fita dando voltas.
Enrosca-se, mas não se embola, vira, revira, circula e pronto: está dado o laço.
É assim que é o abraço: coração com coração, tudo isso cercado de braço.
É assim que é o laço: um abraço no presente, no cabelo, no vestido, em qualquer coisa onde o faço.
E quando puxo uma ponta, o que é que acontece?
Vai escorregando... devagarzinho, desmancha, desfaz o abraço.
Solta o presente, o cabelo, fica solto no vestido.
E, na fita, que curioso, não faltou nem um pedaço.
Ah! Então, é assim o amor, a amizade.
Tudo que é sentimento. Como um pedaço de fita.
Enrosca, segura um pouquinho, mas pode se desfazer a qualquer hora,
deixando livre as duas bandas do laço. Por isso é que se diz: laço afetivo, laço de amizade.
E quando alguém briga, então se diz: romperam-se os laços.
E saem as duas partes, igual meus pedaços de fita, sem perder nenhum pedaço.
Então o amor e a amizade são isso...
Não prendem, não escravizam, não apertam, não sufocam.
Porque quando vira nó, já deixou de ser um laço.

Mário Quintana

sexta-feira, novembro 18





Pai Nosso meditado

.

CRISTÃO: Pai nosso que estais no céu…
DEUS: Sim? Estou aqui.
CRISTÃO: Por favor, não me interrompa, estou rezando!
DEUS: Mas você me chamou!
CRISTÃO: Chamei? Eu não chamei ninguém. Estou rezando. Pai nosso que estais no céu…
DEUS: Aí, você chamou de novo.
CRISTÃO: Fiz o que?
DEUS: Me chamou. Você disse: Pai nosso que estais no céu. Estou aqui. Como é que Posso ajudá-lo?
CRISTÃO: Mas eu não quis dizer isso. É que estou rezando. Rezo o Pai Nosso não me sinto bem até cumpri-lo…
DEUS: Mas como podes dizer Pai Nosso, sem lembrar que todos são seus irmãos, como podes dizer que estais no céu, se você não sabe que o céu é a paz, que o céu é amor a todos?
CRISTÃO: É, realmente ainda não havia pensado nisso.
DEUS: Mas, prossiga sua oração.
CRISTÃO: Santificado seja o Vosso nome…
DEUS: Espere aí! O que você quer dizer com isso?
CRISTÃO: Quero dizer… quer dizer, é… sei lá o que significa. Como é que vou saber? Faz parte da oração, só isso!
DEUS: Santificado significa digno de respeito, Santo, Sagrado.
CRISTÃO: Agora entendi. Mas nunca havia pensado no sentido dessa palavra SANTIFICADO. “Venha a nós o vosso reino, seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu…”
DEUS: Está falando sério?
CRISTÃO: Claro! Porque não?
DEUS: E o que você faz para que isso aconteça?
CRISTÃO: O que faço? Nada! É que faz parte da oração, além disso seria bom que o Senhor tivesse um controle de tudo o que acontecesse no céu e na terra também.
DEUS: Tenho controle sobre você?
CRISTÃO: Bem, eu frequento a igreja!
DEUS: Não foi isso que Eu perguntei. Que tal o jeito que você trata os seus irmãos, a maneira com que você gasta o seu dinheiro, o muito tempo que você dá à televisão, as propagandas que você corre atrás, e o pouco tempo que você dedica à Mim?
CRISTÃO: Por favor. Pare de criticar!
DEUS: Desculpe. Pensei que você estava pedindo para que fosse feita a minha vontade. Se isso for acontecer tem que ser com aqueles que rezam, mas que aceitam a minha vontade, o frio, o sol, a chuva, a natureza, a comunidade.
CRISTÃO: Está certo, tens razão. Acho que nunca aceito a sua vontade, pois reclamo de tudo: se manda chuva, peço sol, se manda o sol reclamo do calor, se manda frio, continuo reclamando, se estou doente peço saúde, não cuido dela, deixo de me alimentar ou como muito…
DEUS: Ótimo reconhecer tudo isso. Vamos trabalhar juntos Eu e você, mas olha, vamos ter vitórias e derrotas. Eu estou gostando dessa nova atitude sua.
CRISTÃO: Olha Senhor, preciso terminar agora. Esta oração esta demorando muito mais do que costuma ser. Vou continuar: “o pão nosso de cada dia nos dá hoje…”
DEUS: Pare aí! Você está me pedindo pão material? Não só de pão vive o homem, mas também da minha palavra. Quando me pedires o pão, lembre-se daqueles que nem conhecem pão. Pode pedir-me o que quiser, desde que me veja como um Pai amoroso! Eu estou interessado na próxima parte de sua oração. Continue!
CRISTÃO: “Perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido”
DEUS: E o seu irmão desprezado?
CRISTÃO: Está vendo? Olhe Senhor, ele já criticou várias vezes e não era verdade o que dizia. Agora não consigo perdoar. Preciso me vingar.
DEUS: Mas, e sua oração? O que quer dizer sua oração? Você me chamou, e eu estou aqui, quero que saias daqui transfigurado, estou gostando de você ser honesto. Mas não é bom carregar o peso da ira dentro de você, não acha?
CRISTÃO: Acho que iria me sentir melhor se me vingasse!
DEUS: Não vai não! Vai se sentir pior. A vingança não é tão doce quanto parece. Pense na tristeza que me causaria, pense na sua tristeza agora. Eu posso mudar tudo para você. Basta você querer.
CRISTÃO: Pode? Mas como?
DEUS: Perdoe seu irmão, Eu perdoarei você e te aliviarei
CRISTÃO: Mas Senhor, eu não posso perdoá-lo.
DEUS: Então não me peças perdão também!
CRISTÃO: Mais uma vez está certo! Mais do que quero vingar-me, quero a paz com o Senhor. Esta bem, esta bem; eu perdoo a todos, mas ajude-me Senhor. Mostre-me o caminho certo para mim e meus inimigos.
DEUS: Isto que você pede é maravilhoso, estou muito feliz com você. E você como está se sentindo?
CRISTÃO: Bem, muito bem mesmo! Para falar a verdade, nunca havia me sentido assim! É tão bom falar com DEUS.
DEUS: Ainda não terminamos a oração. Prossiga…
CRISTÃO: “E não deixeis cair em tentações, mas livrai-nos do mal…”
DEUS: Ótimo, vou fazer justamente isso, mas não se ponha em situações onde possa ser tentado.
CRISTÃO: O que quer dizer com isso?
DEUS: Deixe de andar na companhia de pessoas que o levam a participar de coisas sujas, intrigas, fofocas. Abandone a maldade, o ódio. Isso tudo vai levá-lo para o caminho errado. Não use tudo isso como saída de emergência!
CRISTÃO: Não estou entendendo!
DEUS: Claro que entende! Você já fez isso comigo várias vezes. Entra no erro, depois corre me pedir socorro.
CRISTÃO: Puxa, como estou envergonhado!
DEUS: Você me pede ajuda, mas logo em seguida volta a errar de novo, para mais uma vez vir fazer negócios comigo!
CRISTÃO: Estou com muita vergonha, perdoe-me Senhor!
DEUS: Claro que perdoo! Sempre perdoo a quem está disposto a perdoar também, mas não esqueça, quando me chamar, lembre-se de nossa conversa, medite cada palavra que fala! Termine sua oração.
CRISTÃO: Terminar? Há, sim, “Amém!”
DEUS: O que quer dizer amém?
CRISTÃO: Não sei. É o final da oração.
DEUS: Você só deve dizer amém quando aceita dizer tudo o que eu quero, quando concorda com minha vontade, quando segue os meus mandamentos, porque AMÉM! Quer dizer: assim seja, concordo com tudo que rezei.
CRISTÃO: Senhor, obrigado por ensinar-me esta oração e agora obrigado por fazer-me entendê-la.
DEUS: Eu amo cada um dos meus filhos, amo mais ainda aqueles que querem sair do erro, quer ser livre do pecado. Abençoo-te e fica com minha paz!
CRISTÃO: Obrigado, Senhor! Estou muito feliz em saber que és meu amigo.

quinta-feira, novembro 17

"O que fizemos apenas por nós mesmos morre conosco.
O que fizemos pelos outros e pelo mundo permanece e é imortal."

quarta-feira, novembro 16

AJUDEM O GUSTAVO A MARCAR ESTE GOLO!!!

Carlos Martins e o filho em grande cumplicidade

O filho de Carlos Martins, de 3 anos, precisa de um dador compatível de medula óssea com urgência"

  explicou o médico do Benfica, João Paulo Almeida.

O médico apelou às pessoas que se inscrevam como dadores de medula óssea, indicando o Centro de Histocompatibilidade de Lisboa, junto ao Hospital Pulido Valente, como um dos locais a que se devem dirigir.
João Paulo Almeida explicou que "podem ser dadores de medula pessoas com mais de 18 e menos de 45 anos, que tenham mais de 50 quilos e que sejam saudáveis".

O clínico disse, ainda, que se trata de um processo muito simples, bastando uma simples recolha de sangue para avaliar a compatibilidade e sem custos para a pessoa.
A situação pela qual passa o internacional português Carlos Martins foi tornada pública na terça-feira após a vitória sobre a Bósnia (6-2), com o capitão Cristiano Ronaldo a apelar à doação de medula óssea, apontando o caso pelo qual passa o seu colega de selecção.

................................................
  AJUDEM O GUSTAVO A MARCAR ESTE GOLO!!!

Que Deus te proteja e que consigas encontrar depressa um dador .

Meu Anjo da Guarda

PENSAMENTO DO DIA

 "Aprenda com a árvore e deixe cair as folhas secas do passado para que adubem o chão, onde as raízes preparam o futuro. "
René Trossero 


terça-feira, novembro 15



"Bom dia, de coração,
A você e todos os seus;
Façamos uma oração,
Agradecendo a Deus,
Por esta manhã serena, 
Porque viver vale a pena! 



Beijinhos

quinta-feira, novembro 10

Regue uma planta e ela lhe dará como presente uma bela flor;
Cultive uma amizade e ganhará um porto seguro;
.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver
Apesar de todos os desafios e perdas.
Pai.
São duas da manhã e eu não consigo dormir.
Todos os dias me lembro de ti e falo contigo...tenho tantas saudades.
Mas hoje elas apertam mais,faz hoje 13 anos que partiste,mas estás sempre presente no meu pensamento e no meu coração.
Gostava tanto que estivesses aqui Pai,hoje fui visitar o teu menino,aquele menino que tu levavas para todo o lado,aquele menino que tu todas as sextas feiras à tarde vinhas buscar aqui a casa e levavas ao colo com o saco das fraldas,o biberon e o papelinho onde eu escrevia como devias preparar o leitinho para ele beber,no domingo à tarde lá ia eu busca-lo,sempre o deixei passar o fim de semana na tua casa,sabia que era uma alegria para ti e para a mãe.
Pai hoje ao olhar para o teu menino que já tem 35 anos e já tem dois filhos lindos,o Rafael todo reguila e a Leonor uma bonequinha, vieram-me as lagrimas aos olhos,como tu ias gostar de estar com os teus dois bisnetos.
Pai não tiveste uma vida fácil,sofreste muito,tiveste uma doença terrivel,acompanhei-te durante 12 anos em todas as consultas ,cirurgias e tratamentos no IPO,nunca....mas nunca te ouvi queixar,lembro-me bem pai de já te custar a andar ,eu tentar ajudar-te e tu dizeres,deixa filha fui eu que tropecei,estou bem.lembro-me de já estares acamado e eu sentir que te custava a respirar,tu olhavas para mim sorrias e dizias,estou só um bocadinho cansado,eu tinha que sair um bocadinho porque ficava aflita de te ver assim,não conseguia perceber onde ias arranjar tanta coragem e tanta força.
Hoje sei que é possivel...aprendi contigo Pai que para não fazermos sofrer os nossos filhos temos que arranjar forças nem sei onde!!!
Pai todas as noites vou á varanda mandar um beijinho aquela estrelinha que está sempre a brilhar para mim e acredito que és tu,mesmo quando não te vejo mando o beijinho na mesma eu sei que estás lá sempre a olhar por mim.

SAUDADES PAI!
Beijinhos daqui até ao CÉU.

Não sei se não me vou arrepender de estar a escrever isto no computador,mas foi a maneira que encontrei numa noite triste e de insónia de poder desabafar.

terça-feira, novembro 8

http://lombel.com.br/bereiablog/wp-content/uploads/2011/03/esperan%C3%A7a-Small.jpg
A mais fiel de todas as companheiras da alma é a esperança.

Padre António Vieira

E para onde vai essa mulher apressadamente sem olhar para lado algum.
Será uma deusa, fada ou um anjo que está buscando a formula de ser feliz?
Não... Anjos não circulam assim tão despreocupadamente.
É sim uma simples mulher buscando as suas verdades e sonhos.
E com toda a paz e sabedoria as evidências começam  a tomar formas autênticas,
elaborando um gosto de:

" Eu vou conseguir é tudo o que mais quero."

E que os anjos digam amém e façam os regalos para acontecer.

domingo, novembro 6

Tem dias…

Tem dias em que precisamos chorar, deixar fluir em lágrimas a dor que nos comprime o coração… assim, as emoções contidas se dissipam e a alma, lavada, mais leve, pode sorrir de novo…
Tem dias em que precisamos lutar, deixar pra trás nossas angústias e medos e enfrentarmos a batalha da vida… sem contudo, esquecer, que a vida é feita de muitas batalhas e que, vitorioso não é aquele que vence todas as batalhas a qualquer preço, mas o que sabe reerguer-se, com honra, após a derrota e que sabe lutar com respeito ao seu adversário…
Tem dias em que precisamos sorrir, extravasar alegria, expandir o espírito sem medo de ser feliz… porém, nem só de sorrisos é feita a vida, e há que se saber conter o riso, mantendo a serenidade em todos os momentos que atravessamos…
Tem dias que precisamos amar de forma profunda, de um jeito sem jeito, entregando o coração… entretanto, saber amar e se amar faz-se necessário, do contrário, confundiremos amor e egoísmo e sofreremos as angústias decorrentes de nossa falta de amor próprio, ante os inevitáveis afastamentos dos objetos do nosso amor… o verdadeiro amor liberta, nada pede, tudo doa sem nada esperar em troca…
Tem dias que precisamos pensar, escrever, expor idéias, dialogar… mas é preciso saber calar e ouvir, para que aprendamos a conviver com nosso semelhante e respeitar seu direito à liberdade de pensamento…
Tem dias que precisamos ter fé, buscar essa força extra que nos redime, nos encoraje, nos dê força para suportar as dificuldades da vida… sem ela, seremos vulneráveis as intempéries, as dificuldades e as pedras do caminho, necessárias ao nosso aprimoramento moral…
Tem dias em que precisamos ser consolados, buscamos um abraço amigo, um afago, uma palavra de carinho… se a encontramos braços que nos abracem, mãos que nos afaguem, que sejamos nós os que abracem e afaguem a outros que, como nós, buscam essas energias curadoras…
Todo dia Deus nos lembra que somos necessários a tantos quantos precisem do mesmo que nós.
http://casadecamilo.files.wordpress.com/2010/11/abraco.jpg
Esta semana foi muito complicada para mim,ando triste...Quando penso que está tudo bem,acontece sempre qualquer coisa que vira tudo do avesso,desta vez foi o meu filho mais velho que ficou desempregado,a firma onde trabalhava há 16 anos como electricista fechou.
Como o nosso País está estou  muito preocupada,não há trabalho,as firmas estão todas a fechar,não há construção civil...não acredito que seja fácil arranjar emprego e com um filho de 5 anos e uma menina com 15 dias não sei como vai ser . 
[afetos.jpg]

quarta-feira, novembro 2

terça-feira, novembro 1



Toda vez que olho as estrelas tenho a impressão, de que as pessoas que amo e que já partiram, estão em cada uma delas, olhando para mim.
E fico fascinada pelo brilho que recebo de cada estrela que me sorri. Então fecho os meus olhos e desenho no céu o rosto de cada uma, com os dedos, como se pudesse senti-las aqui!...
"SIRLEI PASSOLONGO"

                                       SAUDADES


A vida é um grande e completo texto, que precisa de muitas vírgulas para ser escrito, ainda que essas vírgulas assumam em alguns momentos formatos de lágrimas.

Augusto Cury