segunda-feira, junho 11

Olá!
Nunca sei o que hei-de escrever ,mas hoje depois de ler alguns comentários apetece-me falar sobre a doença que um dia fez com que eu criasse este blogue.
O cancro da mama.
Não é uma doença nada fácil,tanto a nível físico como psicológico,quando recebemos esta notícia o mundo cai-nos em cima e acredito que todas pensamos..(não vou conseguir passar por isto tudo)Mas a verdade é que conseguimos,choramos,vem a revolta,a tal pergunta1
Porquê a mim?
Mas a verdade é que perante uma situação tão dificil,vamos arranjar forças não sei onde ,mas começamos a lutar .a querer "sobreviver",a fazer tudo o que os médicos nos mandam.
No meu caso durante quase dois anos parece que andei anestesiada,a minha vida foi passada em hospitais,como entretanto me apareceu o cancro na tiroide ,era raro o dia que não ia ao hospital,foram muitos exames,muitos tratamentos,cirurgias,não foi fácil.
Se pensei em desistir?
Sim!!!
Também pensei nisso ,mas só uma vez,sentia-me tão em baixo fisicamente que não fui fazer as análises ao hospital,felizmente eles estavam atentos e telefonaram-me a dizer porque não tinha ido,nesse dia estava revoltada e disse que não ia fazer mais nada,mas o meu marido lá me convenceu a ir no outro dia,tive uma conversa com as enfermeiras de oncologia e nesse dia compreendi que esta não era uma boa opção e tinha mesmo que fazer tudo o que me diziam e lutar.
Sempre tive muito apoio,tanto da familia como do hospital,embora nem sempre tenha compreendido isso,hoje ao ler o comentário de uma amiga que está a passar pelo mesmo e que diz que ninguém a compreende ,talvez eu tenha sido um pouco brusca com ela,também eu não a compreendi logo,só depois precebi que havia ali muita dor,medo  e revolta, passou-se o mesmo comigo,não é que por vezes ninguém nos compreenda,nós é que estamos tão fragilizadas que não tentamos ver que cada pessoa reage á sua maneira,nem sempre ouvimos o que queremos nessa altura,achamos que o mundo se virou todo contra nós,mas os nossos familiares também sofrem muito com tudo isto,hoje compreendo que não podemos ser tratadas como coitadinhas,temos que erguer a cabeça e lutar.
A mesma amiga dizia como podemos viver com uma espada apontada ás costas?
Não é fácil,como costumo dizer o cancro pode ter passado,mas o medo fica sempre,sabemos que a qualquer momento ela pode cair,mas será que isso não acontece com toda a gente?
Quantas pessoas minhas conhecidas que estavam cheias de saúde quando me apareceu a doença e hoje já cá não estão.
É assim a vida!
Nem sempre é fácil,mas temos que ser otimistas e pensar que ter cancro não significa o fim,hoje em dia felizmente existem muitos medicamentos que nos ajudam a ir vivendo com qualidade de vida e ter esperança que um dia descubram a cura.
Para todas as pessoas que estão agora a começar esta luta ,nunca pensem em desistir,a vida é linda.
Beijinhos.


20 comentários:

  1. Subscrevo tudo o que dizes.

    Desistir, nunca

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  2. Tu és sempre o bom exemplo!

    ResponderEliminar
  3. Anónimo21:47

    Tem razão....obrigada!!!!

    ResponderEliminar
  4. um bonito exemplo de coragem e força. Um beijinho Natália.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo21:59

    Será que o que escrevi é sintoma de uma rendição??? será que me estou a render antes do tempo...engraçado!!! chamou-me amiga!!! não estava á espera...acho que já nem sei o que é ter amigos....eles não querem saber de mim...mas eu também os evito...não tenho pachorra para eles...tento isolar me..mas gosto de estar sozinha...parece que todos andam a 38 graus e eu ando a passo de caracol....boa noite.

    ResponderEliminar
  6. Todas as que estamos nesta situação somos amigas,esta doença acaba por nos juntar e tornar amigas,conheci muitas através da internet,algumas hoje em dia são mais que amigas,são minhas manas do coração,começamos todas como você se está a sentir agora,fomos comentando nos blogues,ajudado-nos umas ás outras,criamos um grupo privado no facebook onde falamos sobre tudo o que nos preocupa,o grupo é só com mulheres que passaram ou estão a passar pelo cancro da mama.
    Se tiver no facebook e quiser fazer parte deste grupo onde vai poder desabafar mande-me um email.
    Tenho a certeza que ainda vamos ser grandes amigas.
    Beijinhos e boa noite

    ResponderEliminar
  7. O isolar não faz bem nenhum,também passei por essa fase.
    Como vê somos todas iguais e fazemos quase todas o mesmo,faz parte do processo da doença,eu não sou exemplo para ninguém,nem sou a super mulher,mas a minha experiência ,faz com que hoje possa dar estes conselhos,a seguir ao isolamento vem a depressão,aconteceu comigo,sofri muito,ainda hoje tomo um anti depressivo,quase todas tomamos.
    Só conheci estas amigas todas quando já tinha terminado os tratamentos,gostava de as ter conhecido nessa altura,tenho a certeza que me tinham ajudado muito,como eu espero poder ajudá-la.
    Eu sei que se vai render!

    ResponderEliminar
  8. Anónimo08:56

    Bom dia Natália...sim gostaria de entrar nesse grupo do facebook.
    O meu email é o seguinte: leidemitri@sapo.pt

    Obrigada por estas palavras.

    ResponderEliminar
  9. Olá bom dia
    Já mandei o email

    ResponderEliminar
  10. Anónimo14:51

    Bom dia Nana
    ❤❤❤
    Angelina

    ResponderEliminar
  11. Boa tarde Angelina
    Beijinhosssss

    ResponderEliminar
  12. Um beijinho grande, querida Natália! Beijinhosssssssss

    ResponderEliminar
  13. Beijinhos querida Janine.
    Que saudades que eu tenho da minha querida psicóloga :-))

    ResponderEliminar
  14. Anónimo10:08

    sempre a fazer o bem ...

    Obrigada por existires ...

    Beijo grande

    A outra

    ( Em silencio ,mas estou cá)

    ResponderEliminar
  15. Beijinhos Minha querida amiga (a Outra"
    Fico muito feliz sempre que te vejo por aqui,é muito bom saber que continuas presente.
    Tenho saudades.

    ResponderEliminar
  16. Anónimo13:02

    Bom dia, Natalie.
    Concordo com tudo o que escreveste.Vamos abraçar a nossa nova amiga.
    Desistir, jamais, doa o que doer!
    Um beijinho e um abraço para a nossa amiga.Não estás sozinha.Talvez,como muitas de nós,queiras apenas estar com quem realmente valha a pena.Antes poucos e bons!

    Beijinhos para todas e bom feriado :0)
    VandaR

    ResponderEliminar
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  18. Obrigado Vanda
    Vamos esperar que a nossa nova amiga se sinta bem entre nós e que sinta que todas compreendemos bem o que ela está a passar.
    Beijinhos Vandinha e bom feriado para ti,aqui não é feriado.

    ResponderEliminar

Amo quem chega trazendo Carinho, Sorrisos, Alegria e Paz para a nossa Vida.