terça-feira, setembro 30

Quando eu admiro as maravilhas do pôr do sol ou a beleza da Lua, minha alma se expande na adoração do Criador.
" Mahatma Ghandi "








sábado, setembro 27

         Momentos mágicos de uma tarde de outono.

                               "fotos tiradas ontem "




Enquanto fazia este post chovia torrencialmente quando acalmou voltou a apareceu o arco íris na minha rua.



segunda-feira, setembro 22

Aprender a dançar na chuva nada mais é do que resgatar o que a vida pode oferecer de melhor nos momentos de adversidade.
Vida não importa a hora, deve ser vivida intensamente!!!

Graça Pellegrini

                                  Uma ótima semana para todos.
                                                      Beijos.

domingo, setembro 21

                               ♥Vamos brincar com a Chica?
                                 http://sementesdiarias.blogspot.pt/


                            A minha frase 
...........................................................................
           Sensação boa é dar e receber flores.
...........................................................................
                        A primavera está chegando...
                        As flores começam a nascer.
                        Pedi licença à natureza
                       Colhi essas para te oferecer




terça-feira, setembro 16

Dentro de dias chega o Outono e por aqui já se nota bem.
Esta noite fez trovoada e o dia amanheceu com muita chuva.
                              Mas como diz o poeta.


                     Uma feliz terça feira para todos.

                                  Anjinhos Faxineiros
                    Um conto infantil  que gosto muito.

Havia grupo de nuvens cinza-chaminés-de-fábricas na tarde daquela terça-feira sujando grande parte do azul-piscina que banhava o céu. Imediatamente o Arcanjo da Limpeza convocou os Anjinhos Faxineiros para limpeza da área. Eles chegaram prontos para o trabalho: trajavam macacões quadros-de-xadrez, botas negro-asfalto e luvas emborrachadas de cores diversas.

A turminha começou o serviço jogando água-de-flores e anil. Com escovões trataram de esfregar com força as nuvens e conforme o faziam, elas clareavam e caiam em torrencial chuva sobre a Terra.

Desastrado, o anjo Maciel de vez em quando derrubava baldes e lanternas. Grandes barulhos repercutiam cá em baixo na forma de raios seguidos de trovões.

A chuva que aterrorizava alguns fazia bem a para plantações, rios, mares e todos os animais do planeta. Perfumadas flores coloridas desabrochavam, lavouras de alimentos que saciam a fome das pessoas se desenvolviam e tudo isso era bom para o clima e a humanidade.

Agasalhada sob o macio edredom da Cinderela Flavinha deixou de temer as chuvas e ventos quando sua mãe contou que os Anjinhos Faxineiros também limpam os temores dos corações das crianças, que como eles são seres celestes.

"Betha Mendonça"


domingo, setembro 14

                            BC da Chica e da Anne 
                           
                            ♥Vamos brincar com a Chica?  
       

                                      A minha frase            

Visite o blog da Chica e entre também na brincadeira
http://sementesdiarias.blogspot.pt/

.......................................................................................................................
                        Semana Colorida da Anne Lieri.
                               http://menina-voadora.blogspot.pt/



Volta teu rosto sempre na direção do sol,e então,as sombras ficarão para trás.
"Sabedoria oriental"

Não reclame das sombras faça luz.
"Xico Xavier"

..................................................................................................................



sexta-feira, setembro 12

                        Coruche...A minha terra.
              Ermida de Nossa Senhora do Castelo .

 No monte sobranceiro à vila ergue-se esta ermida da invocação de Nossa Senhora do Castelo no local onde, outrora, se levantava um castelo que foi cenário de frequentes escaramuças entre muçulmanos e cristãos, quando da Reconquista.







Do miradouro avista-se um deslumbrante panorama sobre a várzea, numa planície a perder de vista, onde os campos do Sorraia se desdobram em tons de verde e oiro até à linha do horizonte.





quinta-feira, setembro 11

E se de repente abrir o computador e ver que alguém lhe ofereceu flores?

Foi o que me aconteceu hoje!
A amiga  Chica hoje tinha esta linda surpresa para mim no seu blog...http://chicabrincadepoesia.blogspot.com.br/



                              ADOREIIIII.

Nem imaginas como fiquei feliz ao receber estas flores.
És uma amiga muito especial que admiro muito.Podes ter a certeza que fizeste o meu dia muito mais feliz.
Que a gente continue sempre  assim trocando gestos de amizade e carinho.




terça-feira, setembro 9

                           O correr das águas
                         A passagem das nuvens

                 O brincar das crianças,o sangue nas veias.
                             Esta é a musica de Deus.
"Hermann Hesse"




segunda-feira, setembro 8

                                               Mãe     

Ontem foi celebrada a missa do 30º dia da tua partida.
Fiz o que tu gostavas que fizesse,mandei rezar a missa na tua igreja,aquela onde casaste  há 56 anos  e que tu tanto gostavas de visitar.



Fez agora um ano que estavas tão feliz aqui na porta da igreja.
            

Mãe tu sabes que eu gostava que tivesses ficado no cemitério aqui ao pé de mim,gostava de te visitar mais vezes,mas sei que tu não querias,pedias-me sempre para te levar para a terra onde nascemos e foi isso que fiz ,acredito que estás feliz na mesma sepultura dos teus queridos pais.Estão os três juntinhos.
Não te sei explicar o que senti ontem,durante toda a minha vida sempre me fiz de forte,nunca chorava perto de ti,não te queria ver sofrer ,mesmo durante a minha doença só me viste chorar uma vez.Lembro-me bem desse dia em que choraste junto comigo e me pedias para eu não dizer aquelas palavras que me saiam da boca num dia de tanto sofrimento e em que eu estava farta de tudo.
Ontem chorei muito,ao ouvir as palavras do padre não consegui evitar as lágrimas ,ao visitar o cemitério só queria poder levantar aquela pedra e ver-te mais um vez.
Não sou tão forte como imaginavas!
Tenho tantas saudades tuas Mãezinha.


Durante o dia continuo a fazer-me de forte,tenho que ter força para tratar dos nossos meninos mãe.
Como eu gostava que aqui estivesses.O nosso Francisco está lindo mãe.





Continuo a ir todos os dias com a Leonor e o Rafael para o parque como tu também tanto gostavas de ir.
São eles que me dão força durante o dia,mas quando chega a noite e eles vão para casa tudo é tão difícil Mãe.



Falta-me a tua voz,o teu sorriso.
A tua casa está igual como no dia que partiste,fui lá um dia para tirar as tuas roupas mas ao abrir a porta do roupeiro e as gavetas não consegui mexer em nada. Dizem-me que faço mal que estou a adiar a dor.Mas não consigo.
Dói muito desfazer-me das coisas que tu adoravas .
A tua casa continua igual,tudo arrumadinho como tanto gostavas.
Sei que mais dia menos dia tenho que arranjar coragem para o fazer,já tive pessoas amigas que se ofereceram para me ajudar mas eu não quero.
Tenho que ser eu a fazer isso.
É nestas alturas que sinto a falta de um irmão.Mas éramos só as duas.
Tem sido assim há 15 anos desde que o pai partiu.Só tu e eu.

Tenho saudades Mãezinha querida.Muitas...Muitas...Muitas.
Sinto tanto a tua falta.


A partir de amanhã vou tentar começar a escrever no blog e a visitar os vossos blogues.
Mais uma vez obrigada a todos pelo carinho e pela força que me têm dado.
Beijos.